• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

[Polinômios] como identificar o padrão?

[Polinômios] como identificar o padrão?

Mensagempor Guga1981 » Ter Dez 13, 2016 09:24

Olá, amigo!
Gostaria da ajuda de vocês para identificar o padrão matemático que rege o problema abaixo:
polinomio.jpg


Pelo que pude entender o movimento não é uniforme. No final (no instante 7 segundos) a aceleração diminui.
Mas foi só isso que identifiquei.
Não sei por onde começar...
Guga1981
Usuário Dedicado
Usuário Dedicado
 
Mensagens: 46
Registrado em: Dom Jan 18, 2015 13:27
Localização: São Vicente-SP
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática
Andamento: cursando

[Polinômios] como identificar o padrão?

Mensagempor Guga1981 » Qui Dez 15, 2016 15:21

Joguei os dados no excel e obtive o seguinte gráfico:
Anexos
EXCEL.jpg
Gráfico
Guga1981
Usuário Dedicado
Usuário Dedicado
 
Mensagens: 46
Registrado em: Dom Jan 18, 2015 13:27
Localização: São Vicente-SP
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática
Andamento: cursando

[Polinômios] como identificar o padrão?

Mensagempor Guga1981 » Qui Dez 15, 2016 15:55

Peguei os pontos (5 segundos - 3090 cm/s) e (7 segundos - 3940 cm/s) e montei a equação geral da reta (da segunda parte da reta do gráfico), através do cálculo de determinante:
Anexos
Equacaogeral da reta.jpg
Guga1981
Usuário Dedicado
Usuário Dedicado
 
Mensagens: 46
Registrado em: Dom Jan 18, 2015 13:27
Localização: São Vicente-SP
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática
Andamento: cursando

[Polinômios] como identificar o padrão?

Mensagempor Guga1981 » Qui Dez 15, 2016 15:59

mas, quando preenchi os "buracos" da primeira tabela com os tempos que faltavam (4 segundos, 6 segundos), usando a equação geral da reta, obtive outro gráfico diferente:
... o que será que está errado?...
Anexos
outro grafico.jpg
Guga1981
Usuário Dedicado
Usuário Dedicado
 
Mensagens: 46
Registrado em: Dom Jan 18, 2015 13:27
Localização: São Vicente-SP
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática
Andamento: cursando

Re: [Polinômios] como identificar o padrão?

Mensagempor adauto martins » Sex Dez 16, 2016 10:59

a queda do paraquedista é regida pela equaçao:
m(dv/dt)=mg-k.{v}...,onde m=massa do paraq.,k=atrito devido ao ar...colocando na forma de uma EDO, teremos:
dv/dt+(k/m)v=g,cuja soluçao é dada por:
v=(mg/k)+C.{e}^{(-k/m).t},C é devido a integraçao indefinida da EDO...usa-se os dados da tabela pra achar m,k,C...como o problema pede um polinomio,entao deve-se usar a expansao de taylor da funçao {e}^{t}...,que é dado por:
{e}^{t}=1+t+{t}^{2}/2!+...+{t}^{n}/n!+...,q. em nosso caso:
{e}^{(-k/m)t}=1+(-k/m)t+(-k/m)^{2}{t}^{2}/2!+...+(-k/m)^{n}{t}^{n}/n!+...,o grau do polinomio sera dado em funçao da tabela...em se tratando de um problema de fisica classica,sera ate o segundo grau...
adauto martins
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 704
Registrado em: Sex Set 05, 2014 19:37
Formação Escolar: EJA
Área/Curso: matematica
Andamento: cursando


Voltar para Polinômios

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes

 



Assunto: Taxa de variação
Autor: felipe_ad - Ter Jun 29, 2010 19:44

Como resolvo uma questao desse tipo:

Uma usina de britagem produz pó de pedra, que ao ser depositado no solo, forma uma pilha cônica onde a altura é aproximadamente igual a 4/3 do raio da base.
(a) Determinar a razão de variação do volume em relação ao raio da base.
(b) Se o raio da base varia a uma taxa de 20 cm/s, qual a razão de variação do volume quando o raio mede 2 m?

A letra (a) consegui resolver e cheguei no resultado correto de \frac{4\pi{r}^{2}}{3}
Porem, nao consegui chegar a um resultado correto na letra (b). A resposta certa é 1,066\pi

Alguem me ajuda? Agradeço desde já.


Assunto: Taxa de variação
Autor: Elcioschin - Qua Jun 30, 2010 20:47

V = (1/3)*pi*r²*h ----> h = 4r/3

V = (1/3)*pi*r²*(4r/3) ----> V = (4*pi/9)*r³

Derivando:

dV/dr = (4*pi/9)*(3r²) -----> dV/dr = 4pi*r²/3

Para dr = 20 cm/s = 0,2 m/s e R = 2 m ----> dV/0,2 = (4*pi*2²)/3 ----> dV = (3,2/3)*pi ----> dV ~= 1,066*pi m³/s


Assunto: Taxa de variação
Autor: Guill - Ter Fev 21, 2012 21:17

Temos que o volume é dado por:

V = \frac{4\pi}{3}r^2


Temos, portanto, o volume em função do raio. Podemos diferenciar implicitamente ambos os lados da equação em função do tempo, para encontrar as derivadas em função do tempo:

\frac{dV}{dt} = \frac{8\pi.r}{3}.\frac{dr}{dt}


Sabendo que a taxa de variação do raio é 0,2 m/s e que queremos ataxa de variação do volume quando o raio for 2 m:

\frac{dV}{dt} = \frac{8\pi.2}{3}.\frac{2}{10}

\frac{dV}{dt} = \frac{16\pi}{15}