• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

problemas do 2º grau

Regras do fórum
A classificação destes desafios em fáceis, médios e difíceis, é apenas ilustrativa.
Eventualmente, o que pode ser difícil para a maioria, pode ser fácil para você e vice-versa.

problemas do 2º grau

Mensagempor viduani » Seg Ago 13, 2012 19:15

Bom dia a todos os amigos e em especial àquele que tentará me ajudar neste problema. Mesmo se tratando de um problema do 2º grau e que foi feito através de sistema, não foi possível compreender a sua resolução. O problema foi descrito assim: No texto do livro teórico, LI TA-CHAO, organizou em 1918 a sociedade de pesquisas marxistas, um pequeno círculo de estudos com a finalidade de estudar e analisar a experiência russa. Acolheu, nesse grupo, um jovem humanista que também trabalhava na biblioteca como ajudante: MAO TSÉ-tung. De início, ele propôs distribuir para o grupo de estudos 360 livros. No dia da distribuição, faltaram 3 participantes e, desse modo, cada um dos que estavam presentes recebeu 10 livros a mais. Quantos participantes tinha esse grupo?

A proposta do professor foi a seguinte:

P.L=360 ---------------------L=360/P
(L + 10)(P - 3)= 360

Não entendi como ele armou esse esquema e porque ao fazer o sistema pelo método da substituição ele usou a equação transformada na equação debaixo sem ao menos tentar desenvolvê-la. Um forte abraço aos amigos.
viduani
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 3
Registrado em: Sex Jul 13, 2012 20:03
Formação Escolar: ENSINO FUNDAMENTAL II
Área/Curso: curso m3
Andamento: cursando

Re: problemas do 2º grau

Mensagempor DanielFerreira » Seg Ago 13, 2012 19:47

Viduani,
boa noite!
Quanto ao 'esquema':
número de participantes: P
número de livros: L

Ao multiplicar a quantidade total de participantes com a quantidade de livros de cada um deles, tem-se o número total de livro, daí: P \cdot L = 360;

Três participantes faltaram, então P - 3;

Cada um deles recebeu 10 livros a mais, L + 10, com isso, (P - 3)(L + 10) = 360

Quanto a última dúvida, seu professou apenas optou pela maneira que julgou mais simples. Ele poderia ter desenvolvido...

Comente qualquer dúvida!

Daniel F.
"Sabedoria é saber o que fazer;
habilidade é saber como fazer;
virtude é fazer."
(David S. Jordan)
--------------------------------------------------------------------------------
DanielFerreira
Colaborador - em formação
Colaborador - em formação
 
Mensagens: 1681
Registrado em: Qui Jul 23, 2009 21:34
Localização: Engº Pedreira - Rio de Janeiro
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática - IFRJ
Andamento: cursando


Voltar para Desafios Médios

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes

 



Assunto: (FGV) ... função novamente rs
Autor: my2009 - Qua Dez 08, 2010 21:48

Uma função polinomial f do 1° grau é tal que f(3) = 6 e f(4) = 8.Portanto o valor de f(10) é :


Assunto: (FGV) ... função novamente rs
Autor: Anonymous - Qui Dez 09, 2010 17:25

Uma função de 1º grau é dada por y=ax+b.
Temos que para x=3, y=6 e para x=4, y=8.
\begin{cases}6=3a+b\\8=4a+b\end{cases}
Ache o valor de a e b, monte a função e substitua x por 10.


Assunto: (FGV) ... função novamente rs
Autor: Pinho - Qui Dez 16, 2010 13:57

my2009 escreveu:Uma função polinomial f do 1° grau é tal que f(3) = 6 e f(4) = 8.Portanto o valor de f(10) é :



f(x)= 2.x
f(3)=2.3=6
f(4)=2.4=8
f(10)=2.10=20


Assunto: (FGV) ... função novamente rs
Autor: dagoth - Sex Dez 17, 2010 11:55

isso ai foi uma questao da FGV?

haahua to precisando trocar de faculdade.


Assunto: (FGV) ... função novamente rs
Autor: Thiago 86 - Qua Mar 06, 2013 23:11

Saudações! :-D
ví suaquestão e tentei resolver, depois você conta-me se eu acertei.
Uma função de 1º grau é dada por y=3a+b

Resposta :
3a+b=6 x(4)
4a+b=8 x(-3)
12a+4b=24
-12a-3b=-24
b=0
substituindo b na 1°, ttenho que: 3a+b=6
3a+0=6
a=2
substituindo em: y=3a+b
y=30+0
y=30
:coffee: