• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Dúvida 2 Problemas de probabilidade basica

Dúvida 2 Problemas de probabilidade basica

Mensagempor feperessim » Sáb Ago 27, 2016 19:13

Primeiro problema

Em um conjunto de 10.000 indivíduos de uma população, constatou-se que entre 4500 ganham menos de 3 salários mínimos, 4000 entre 3 e 5 (excluso o 5), 1000
entre 5 e 7 e 500 com mais de 7 salários mínimo. Determine a probabilidade de um indivíduo escolhido ao acaso dessa população ganhar:

O meu raciocínio sobre essas questões abaixo foi o seguinte

a) entre 3 e 5 salários mínimos (excluso 5).

4000 e 10000 correspondem a 40%

Então escolhendo um individuo do total, a chance de se obter uma pessoa que ganhe entre 3 e 5 salários mínimo é dada por

1 * \frac{4000}{10000} = 0,4

b) menos que 3 salários mínimos.

45 %

1 * \frac{4500}{10000} = 0,45

c) 5 ou mais salários mínimos.

Entre 5 e 7 - 10 %

1 * \frac{1000}{10000} = 0,1

Mais de 7 - 5%

1 * \frac{500}{10000} = 0,05

P([5,7]) + P((7, \infty) = 0.15 = 15%

d) mais de 7 salários mínimos.

Mais de 7 - 5%

1 * \frac{500}{10000} = 0,05


Quando eu analisava esse problema,cheguei até em pensar em usar o bínomio de Newton. Mas acabei chegando a conclusão de que isso não fazia sentido. Eu gostaria de saber se eu errei algum passo na resolução desse problema.


Segundo Problema

Obs: Para esse problema excluam a possibilidade de haver um empate.

Dois times de futebol, A e B, jogam entre si 6 vezes. Encontre a probabilidade de o time A:

a) Ganhar dois ou três jogos.

b) Ganhar pelo menos um jogo

Para a alternativa a eu usei o binômio de Newton, separei os valores da seguinte forma.


n = 6 Jogos. - número de experimentos aleatórios
K1 = 2 - probabilidade de um evento acontecer k vezes
k2 = 3 - probabilidade de um evento acontecer k vezes
P = 1/2 - Possibilidade de ganhar
q = 1/2 Possibilidade de perder

Calculando para dois jogos usando o binômio de newton o resultado foi: 15/64 = 23,438%


Calculando para três jogos usando o binômio de newton o resultado foi: 20/64 = 31,25%

A probabilidade de ganhar 2 ou 3 jogos

P(k1) + P(k2) = 15/64 + 20/64 <=> 23,438 + 31,25 = 54,688%


Calculando para um jogo usando o binômio de newton o resultado foi: 6/64 = 9,375%


Como os resultados obtidos, eu achei estranho a probabilidade de ganhar 3 jogos ser maior que a probabilidade de ganhar 2 e respectivamente 2 de 1. Eu acho que o correto seria que a probabilidade de ganhar 1 jogo deveria ser maior do que a de ganhar 2 e 3 e assim respectivamente. Com isso não tenho certeza se eu cometi algum erro no caminho.
feperessim
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sáb Ago 27, 2016 18:38
Formação Escolar: ENSINO MÉDIO
Área/Curso: ciência da computação
Andamento: cursando

Voltar para Probabilidade

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

 



Assunto: [Função] do primeiro grau e quadratica
Autor: Thassya - Sáb Out 01, 2011 16:20

1) Para que os pontos (1,3) e (-3,1) pertençam ao grafico da função f(X)=ax + b ,o valor de b-a deve ser ?

2)Qual o maior valor assumido pela função f : [-7 ,10] em R definida por f(x) = x ao quadrado - 5x + 9?

3) A função f, do primeiro grau, é definida pos f(x)= 3x + k para que o gráfico de f corte o eixo das ordenadas no ponto de ordenada 5 é?


Assunto: [Função] do primeiro grau e quadratica
Autor: Neperiano - Sáb Out 01, 2011 19:46

Ola

Qual as suas dúvidas?

O que você não está conseguindo fazer?

Nos mostre para podermos ajudar

Atenciosamente


Assunto: [Função] do primeiro grau e quadratica
Autor: joaofonseca - Sáb Out 01, 2011 20:15

1)Dados dois pontos A=(1,3) e B=(-3,1) de uma reta, é possivel definir a sua equação.

y_{b}-y_{a}=m(x_{b}-x_{a})

1-3=m(-3-1) \Leftrightarrow -2=-4m \Leftrightarrow m=\frac{2}{4} \Leftrightarrow m=\frac{1}{2}

Em y=mx+b substitui-se m, substitui-se y e x por um dos pares ordenados, e resolve-se em ordem a b.

3=\frac{1}{2} \cdot 1+b\Leftrightarrow 3-\frac{1}{2}=b \Leftrightarrow b=\frac{5}{2}



2)Na equação y=x^2-5x+9 não existem zeros.Senão vejamos

Completando o quadrado,

(x^2-5x+\frac{25}{4})+9-\frac{25}{4} =0\Leftrightarrow (x-\frac{5}{2})^2+\frac{11}{4}=0

As coordenadas do vertice da parabola são (\frac{5}{2},\frac{11}{4})

O eixo de simetria é a reta x=\frac{5}{2}.Como se pode observar o vertice está acima do eixo Ox, estando parabola virada para cima, o vertice é um mínimo absoluto.Então basta calcular a função para os valores dos extremos do intervalo.

f(-7)=93
f(10)=59