• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Provar que Diferença Simétrica é Associativa!

Provar que Diferença Simétrica é Associativa!

Mensagempor Almar » Qui Fev 04, 2010 15:33

Prezados,

Sou novo no fórum, gostaria que alguém pudesse me responder o que segue:

Em se tratatando de Conjuntos, provar das três formas abaixo listadas que a Operação "Diferença Simétrica" é associativa:

A \nabla(B \nabla C) = (A \nabla B)\nabla C

1. Provar por tabela verdade:
2. Provar por Diagrama de Venn:
3. Provar por algebra:

Aguardo respostas e desde já agradeço a todos.

Att.

Almar Santiago
Bacharelando em Ciências da Computação.
Almar
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 1
Registrado em: Qui Fev 04, 2010 15:22
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO
Andamento: cursando

Re: Provar que Diferença Simétrica é Associativa!

Mensagempor diasbr » Qui Fev 04, 2010 20:49

seja \left( \right)x\nabla y = \left(x-y \right) \cap \left(y-x \right)
dai fica fácil
dica considere cada elemento como x-y como um conjunto e recorra à associativa do au(buc)
tabela dica escreva cada elemento
assim
três elementos = Combinatória 2x2x2=8 depois check se verdadeiro ou falso
a b c (a - c) a U b a \cap c depois de vc fazer isso tudo verifique a tautologia que vc deseja
o o o 0 0 0
o o 1 0 0 0
o 1 0 0 1 0
o 1 1 0 1 0
1 0 0 1 1 0
1 0 1 0 1 1
1 1 0 1 1 0
1 1 1 0 1 1


van é o desenho de círculos pinte eles e fica visual
diasbr
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 3
Registrado em: Qua Fev 03, 2010 21:42
Formação Escolar: ENSINO MÉDIO PROFISSIONALIZANTE
Área/Curso: engenharia
Andamento: cursando

Re: Provar que Diferença Simétrica é Associativa!

Mensagempor Incognite » Sáb Mar 10, 2018 19:27

diasbr escreveu:seja \left( \right)x\nabla y = \left(x-y \right) \cap \left(y-x \right)
dai fica fácil
dica considere cada elemento como x-y como um conjunto e recorra à associativa do au(buc)
tabela dica escreva cada elemento
assim
três elementos = Combinatória 2x2x2=8 depois check se verdadeiro ou falso
a b c (a - c) a U b a \cap c depois de vc fazer isso tudo verifique a tautologia que vc deseja
o o o 0 0 0
o o 1 0 0 0
o 1 0 0 1 0
o 1 1 0 1 0
1 0 0 1 1 0
1 0 1 0 1 1
1 1 0 1 1 0
1 1 1 0 1 1


van é o desenho de círculos pinte eles e fica visual

Olá, estou com a mesma dúvida do postador do tópico. Como consigo provar algébricamente dessa forma que você disse?? Estou tentando há horas esse exercício, até agora nada
Incognite
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 2
Registrado em: Sáb Mar 10, 2018 18:17
Formação Escolar: ENSINO MÉDIO
Área/Curso: Ciências biológicas
Andamento: cursando


Voltar para Conjuntos

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes

 



Assunto: [Função] do primeiro grau e quadratica
Autor: Thassya - Sáb Out 01, 2011 16:20

1) Para que os pontos (1,3) e (-3,1) pertençam ao grafico da função f(X)=ax + b ,o valor de b-a deve ser ?

2)Qual o maior valor assumido pela função f : [-7 ,10] em R definida por f(x) = x ao quadrado - 5x + 9?

3) A função f, do primeiro grau, é definida pos f(x)= 3x + k para que o gráfico de f corte o eixo das ordenadas no ponto de ordenada 5 é?


Assunto: [Função] do primeiro grau e quadratica
Autor: Neperiano - Sáb Out 01, 2011 19:46

Ola

Qual as suas dúvidas?

O que você não está conseguindo fazer?

Nos mostre para podermos ajudar

Atenciosamente


Assunto: [Função] do primeiro grau e quadratica
Autor: joaofonseca - Sáb Out 01, 2011 20:15

1)Dados dois pontos A=(1,3) e B=(-3,1) de uma reta, é possivel definir a sua equação.

y_{b}-y_{a}=m(x_{b}-x_{a})

1-3=m(-3-1) \Leftrightarrow -2=-4m \Leftrightarrow m=\frac{2}{4} \Leftrightarrow m=\frac{1}{2}

Em y=mx+b substitui-se m, substitui-se y e x por um dos pares ordenados, e resolve-se em ordem a b.

3=\frac{1}{2} \cdot 1+b\Leftrightarrow 3-\frac{1}{2}=b \Leftrightarrow b=\frac{5}{2}



2)Na equação y=x^2-5x+9 não existem zeros.Senão vejamos

Completando o quadrado,

(x^2-5x+\frac{25}{4})+9-\frac{25}{4} =0\Leftrightarrow (x-\frac{5}{2})^2+\frac{11}{4}=0

As coordenadas do vertice da parabola são (\frac{5}{2},\frac{11}{4})

O eixo de simetria é a reta x=\frac{5}{2}.Como se pode observar o vertice está acima do eixo Ox, estando parabola virada para cima, o vertice é um mínimo absoluto.Então basta calcular a função para os valores dos extremos do intervalo.

f(-7)=93
f(10)=59


cron