• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

para cada vetor V o simétrico -V é único

para cada vetor V o simétrico -V é único

Mensagempor dkiwilson » Sáb Set 23, 2017 19:16

7. Mostre que em um espaço vetorial o vetor nulo é único e para cada vetor V o simétrico -V também é único.

Eu tenho a solução quando o vetor nulo é único, mas eu não sei responder quando para cada vetor V o simétrico -V também é único. Como eu faço nesse caso?

A estratégia padrão para provar afirmações do tipo "existe um único", é supor que existem dois objetos distintos que atendem a afirmação, mas no final provar que esses dois objetos na verdade são iguais. Isso é um tipo de prova que chamamos de redução ao absurdo.

Suponha que no espaço vetorial V existem dois elementos neutros distintos: u e v.

Desse modo, para qualquer vetor w em V temos que:
w + u = w
w + v = w

Isto é, temos que:
w + u = w + v

Ora, a partir disso concluímos que u = v. Mas isso é um absurdo, pois a hipótese inicial era que u e v são distintos.

Conclusão: em um espaço vetorial não pode haver dois elementos neutros distintos. Em outras palavras, o elemento neutro de um espaço vetorial é único.
dkiwilson
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 1
Registrado em: Sáb Set 23, 2017 18:31
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Matemática Industrial
Andamento: cursando

Voltar para Álgebra Linear

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes

 



Assunto: cálculo de limites
Autor: Hansegon - Seg Ago 25, 2008 11:29

Bom dia.

Preciso de ajuda na solução deste problema, pois só chego ao resultado de 0 sobre 0.
Obrigado

\lim_{x\rightarrow-1} x³ +1/x²-1[/tex]


Assunto: cálculo de limites
Autor: Molina - Seg Ago 25, 2008 13:25

\lim_{x\rightarrow-1} \frac{{x}^{3}+1}{{x}^{2}-1}

Realmente se você jogar o -1 na equação dá 0 sobre 0.
Indeterminações deste tipo você pode resolver por L'Hôpital
que utiliza derivada.
Outro modo é transformar o numerador e/ou denominador
para que não continue dando indeterminado.

Dica: dividir o numerador e o denominador por algum valor é uma forma que normalmente dá certo. :y:

Caso ainda não tenha dado uma :idea:, avisa que eu resolvo.

Bom estudo!


Assunto: cálculo de limites
Autor: Guill - Dom Abr 08, 2012 16:03

\lim_{x\rightarrow-1}\frac{x^3+1}{x^2-1}

\lim_{x\rightarrow-1}\frac{(x+1)(x^2-x+1)}{(x+1)(x-1)}

\lim_{x\rightarrow-1}\frac{(x^2-x+1)}{(x-1)}=\frac{-3}{2}