• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Desafio de Geometría - Muito Difícil

Regras do fórum

  1. Não envie somente enunciados de problemas, informe suas tentativas e dificuldades!

    Queremos que a "ajuda" represente um trabalho interativo, pois saber especificar a dúvida exige estudo.

    Serão desconsiderados tópicos apenas com enunciados, sem interação. Nosso objetivo não é resolver listas de exercícios;



  2. Para não haver má interpretação em suas postagens, especialmente na precedência das operações, utilize LaTeX, podendo ser a partir do botão "editor de fórmulas".


    Bons estudos!

Desafio de Geometría - Muito Difícil

Mensagempor Guill » Seg Jul 11, 2011 20:18

Seja ABCD um quadrado de lado 1. Seu lado BD foi prolongado e uma reta AF foi ligada ao final do prolongamento DF. Sendo EF = 1, calcule x.

Imagem
Avatar do usuário
Guill
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 107
Registrado em: Dom Jul 03, 2011 17:21
Formação Escolar: ENSINO MÉDIO
Andamento: cursando

Re: Desafio de Geometría - Muito Difícil

Mensagempor MarceloFantini » Seg Jul 11, 2011 21:19

Esse é um clássico, não lembro a forma de resolver mas se não me engano cai em um polinômio de quarto grau, é bem chato.
Futuro MATEMÁTICO
e^{\pi \cdot i} +1 = 0
MarceloFantini
Colaborador Moderador
Colaborador Moderador
 
Mensagens: 3126
Registrado em: Seg Dez 14, 2009 11:41
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: formado

Re: Desafio de Geometría - Muito Difícil

Mensagempor adauto martins » Ter Out 14, 2014 17:41

a equaçao a ser resolvida e essa:
{x}^{2}=1-{({x}^{2})/({x+1})^{2}}...q. sera o polinomio:
{x}^{4}+2{x}^{3}+{x}^{2}-2x-1=0...tomamos p(x)={x}^{4}+2{x}^{3}+{x}^{2}-2x-1=0
nao tem raizes racionais,pois os divisores de -1(-1,1),nao sao raizes...p(-1)=1,p(1)=1...
vamos calcular o maximo valor de x,para podermos achar o intervalo q. x pertence,e apartir dai,ver se tem raizes reais e calcula-las...x sera max. p/A(area max. do triangulo),logo...façamos ED=y,entao...{y}=\sqrt[2]{1-{x}^{2}}...
A=x.y=x.\sqrt[2]{1-{x}^{2}}...dA/dx=0\Rightarrowx=1/2...vamos estudar o intervalo[0,1/2],temos q.
p(0)=-1,p(1/2)=-31/16,logo p(0).p(1/2)\succ0\Rightarrowum num.par de raizes em[0,1/2]ou nenhuma raiz...sejam{r}_{k}as raizes p/k=1,...,4,entao tomando o produto de (0-{r}_{k}).(1/2-{r}_{k})\succ0\Rightarrow{r}_{k}\prec0,o q. contradiz,pois os num.em [0,1/2]sao todos positivos,logo nao existem raizes em [0,1/2],tal q. p(x)=0...como x=1/2 e o max.valor q. x pode tomar,entao x=1/2 e a resposta...
adauto martins
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 705
Registrado em: Sex Set 05, 2014 19:37
Formação Escolar: EJA
Área/Curso: matematica
Andamento: cursando


Voltar para Desafios Enviados

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

 



Assunto: Funções
Autor: Emilia - Sex Dez 03, 2010 13:24

Preciso de ajuda no seguinte problema:
O governo de um Estado Brasileiro mudou a contribuição previdenciária de seus contribuintes. era de 6% sobre qualquer salário; passou para 11% sobre o que excede R$1.200,00 nos salários. Por exemplo, sobre uma salário de R$1.700,00, a contribuição anterior era: 0,06x R$1.700,00 = R$102,00; e a atual é: 0,11x(R$1.700,00 - R$1.200,00) = R$55,00.
i. Determine as funções que fornecem o valor das contribuições em função do valor x do salário antes e depois da mudança na forma de cobrança.
ii. Esboce seus gráficos.
iii. Determine os valores de salários para os quais:
- a contribuição diminuiu;
- a contribuição permaneceu a mesma;
- a contribuição aumentou.