• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

[Aplicação de derivadas] Taxa de variação

[Aplicação de derivadas] Taxa de variação

Mensagempor cesarguedes » Ter Out 25, 2016 20:58

Boa noite, não estou conseguindo resolver o seguinte exercício:

Um cabo de cobre tem diâmetro de 1cm a 0ºC. Suponha que seu comprimento é de 1m e não se altera com a variação da temperatura. Se seu diâmetro aumenta a uma velocidade de 0,02cm/ºC, calcule a taxa de variação do volume desse cabo quando a temperatura está a 20ºC.
resposta= 1,4\pi

Tenho os dados:
d= 1cm
h= 100cm (constante)
dd/dt= 0,02cm/ºC
E quero descobrir dV/dt quando a temperatura for 20ºC
Imaginei que o cabo de cobre seja uma forma cilíndrica, logo a fórmula é \pir².h
Derivei (tomando raio como d/2) e surgiu dV/dt= (\pi.1.100)/2
Porém, prosseguindo, não encontro a resposta certa.
cesarguedes
Novo Usuário
Novo Usuário
 
Mensagens: 1
Registrado em: Ter Out 25, 2016 20:48
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Engenharia Elétrica
Andamento: cursando

Re: [Aplicação de derivadas] Taxa de variação

Mensagempor adauto martins » Sex Out 28, 2016 10:43

dV/d\theta=(dV/dr).(dr/d\theta),regra da cadeia...onde V(volume),r(raio),\theta(temperatura)...
temos q.dr/d\theta=0.01,pois d=2.r\Rightarrow dr=0.01d\theta\Rightarrow \int_{1/2}^{r}dr=\int_{0}^{20}d\theta\Rightarrow r-1/2=(0.01)*20\Rightarrow r=0.7cm,raio á temp.de 20°...logo:
dV/d\theta=(d(\pi.{r}^{2})/dr).dr/d\theta=2*\pi*L*r*0.01=2*\pi*100*0.7*0.01=1.4*\pi...
adauto martins
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 670
Registrado em: Sex Set 05, 2014 19:37
Formação Escolar: EJA
Área/Curso: matematica
Andamento: cursando


Voltar para Cálculo: Limites, Derivadas e Integrais

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 7 visitantes

 



Assunto: Unesp - 95 Números Complexos
Autor: Alucard014 - Dom Ago 01, 2010 18:22

(UNESP - 95) Seja L o Afixo de um Número complexo a=\sqrt{8}+ i em um sistema de coordenadas cartesianas xOy. Determine o número complexo b , de módulo igual a 1 , cujo afixo M pertence ao quarto quadrante e é tal que o ângulo LÔM é reto.


Assunto: Unesp - 95 Números Complexos
Autor: MarceloFantini - Qui Ago 05, 2010 17:27

Seja \alpha o ângulo entre o eixo horizontal e o afixo a. O triângulo é retângulo com catetos 1 e \sqrt{8}, tal que tg \alpha = \frac{1}{sqrt{8}}. Seja \theta o ângulo complementar. Então tg \theta = \sqrt{8}. Como \alpha + \theta = \frac{\pi}{2}, o ângulo que o afixo b formará com a horizontal será \theta, mas negativo pois tem de ser no quarto quadrante. Se b = x+yi, então \frac{y}{x} = \sqrt {8} \Rightarrow y = x\sqrt{8}. Como módulo é um: |b| = \sqrt { x^2 + y^2 } = 1 \Rightarrow x^2 + y^2 = 1 \Rightarrow x^2 + 8x^2 = 1 \Rightarrow x = \frac{1}{3} \Rightarrow y = \frac{\sqrt{8}}{3}.

Logo, o afixo é b = \frac{1 + i\sqrt{8}}{3}.