• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Integral

Integral

Mensagempor Dan » Seg Set 14, 2009 09:52

Olá gente! Não estou conseguindo resolver a seguinte integral:\int_{1}^{5}x.\sqrt[]{x-1}.dx

Tentei fazer por {u}^{m}, e como a derivada do que está dentro da raíz é igual a 1, falta um x para cortar.

Alguém poderia me ajudar?
Avatar do usuário
Dan
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 101
Registrado em: Seg Set 14, 2009 09:44
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: cursando

Re: Integral

Mensagempor Elcioschin » Seg Set 14, 2009 11:27

Fazendo u = x - 1 temos:

x = u + 1
dx = du
V(x - 1) = (x - 1)^(1/2) = u^(1/2)

x*V(x -1) = (u + 1)*u^(1/2) = u^(3/2) + u^(1/2)

Integrando, obtém-se ----> (2/5)*u^(5/2) + (2/3)*u^(3/2)

Sunstituindo u ----> (2/5)*(x - 1)^(5/2) - (2/3)(x - 1)^(3/2)

Limite superior 5 -----> (2/5)*4^(5/2) - (2/3)*4^(3/2) = (2/5)*32 - (2/3)*8 = 64/5 - 16/3 = 112/15

Limite inferior 1 -----> 0

Solução ----> 112/15
Elcioschin
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 624
Registrado em: Sáb Ago 01, 2009 10:49
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Engenharia
Andamento: formado

Re: Integral

Mensagempor Dan » Seg Set 14, 2009 11:38

Obrigado, Elcioschin.

Infelizmente ainda não aprendi substituição ou integral por partes pois só comecei com as integrais definidas semana passada.

Ficou confuso.
Avatar do usuário
Dan
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 101
Registrado em: Seg Set 14, 2009 09:44
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: cursando

Re: Integral

Mensagempor Dan » Ter Set 15, 2009 12:38

De qualquer forma eu ainda vou aprender isso na faculdade. Era apenas curiosidade. Já conversei com uma amiga minha que é profe de matemática e ela me explicou.

Elcioschin, não quero que leve a mal o que vou te dizer, mas eu acho que não basta mostrar que você sabe fazer os problemas se as outras pessoas continuam com dúvidas. Quando eu entrei nesse fórum, apareceu uma janela que falava em interação. A interação deve existir por parte de quem responde também.
Avatar do usuário
Dan
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 101
Registrado em: Seg Set 14, 2009 09:44
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: cursando

Re: Integral

Mensagempor Dan » Ter Set 15, 2009 18:07

Ah, e só pra constar...

No livro a resposta é 18.\frac{2}{15}.

Tem certeza que a sua resposta está certa?
Avatar do usuário
Dan
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 101
Registrado em: Seg Set 14, 2009 09:44
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: cursando

Re: Integral

Mensagempor Elcioschin » Ter Set 15, 2009 23:54

Dan

Respondendo suas dúvidas e questionamentos:

1) A substituição que eu fiz foi muito bem explicada. Não sei porque você disse que "ficou confuso".

2) A partir da substituição a integração é bem básica, exatamente como você disse que tentou com u^m: Note que temos duas integrais: u^(3/2) e u^(1/2).

3) Quanto à minha solução, houve apenas uma troca de sinal na penúltima e última linha. Vou mostrar abaixo e editar em vermelho no original:

Integrando, obtém-se ----> (2/5)*u^(5/2) + (2/3)*u^(3/2)

Substituindo u ----> (2/5)*(x - 1)^(5/2) + (2/3)(x - 1)^(3/2)

Limite superior 5 -----> (2/5)*4^(5/2) + (2/3)*4^(3/2) = (2/5)*32 + (2/3)*8 = 64/5 + 16/3 = 272/15 = 18 2/15

Limite inferior ----> 0

Solução ----> 18 2/15


4) Não entendío motivo de você dizer que eu não estou interagindo:

a) Você postou a questão no dia 14/09 às 08:52
b) Eu respondí a questão no MESMO dia às 10:27
c) No mesmo dia você enviou uma resposta às 10:32
d) No dia 15 você manda nova mensagem às 11:38, SEM AGUARDAR uma resposta minha.

Acho que você deve imaginar que eu fico integralmente no computador aguardando as suas mensagens.
Porém, não é o que acontece: além de trabalhar e de ter outras ocupações, eu participo também de outros dois foruns.

Assim, não acho justa a sua reclamação. Espero que, da próxima vez, você tenha um pouco mais de paciência.
Elcioschin
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 624
Registrado em: Sáb Ago 01, 2009 10:49
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Engenharia
Andamento: formado

Re: Integral

Mensagempor Dan » Qua Set 16, 2009 08:58

Olá Elcioschin.

Não, não espero que você fique a meu serviço respondendo todas as minhas dúvidas. Aliás, agradeço a sua participação e sei que você fez tudo de boa fé.
Acontece que você, engenheiro formado, talvez não compreenda as dúvidas de um estudante de primeiro ano de faculdade. Eu estou começando a aprender integrais. O que para você é uma explicação completa, ficou bastante vago para mim. Aprendi poucos métodos, poucas coisas, e eu ainda não consegui compreender por que essa integral é resolvida dessa maneira, pelo menos pela sua explicação.

Você poderia ter me explicado o que é o "u" e o que é o "v" na sua maneira de resolver. É óbvio para você? Mas não para mim! É nisso que eu falo quando eu me refiro à interação. Você soube resolver muito bem a integral, mas infelizmente não conseguiu passar esse conhecimento para quem estava com a dúvida.

De qualquer forma, muito obrigado por responder à minha dúvida. Eu também poderia ter explicado melhor que pontos ficaram confusos na sua explicação.
Avatar do usuário
Dan
Colaborador Voluntário
Colaborador Voluntário
 
Mensagens: 101
Registrado em: Seg Set 14, 2009 09:44
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: cursando


Voltar para Cálculo: Limites, Derivadas e Integrais

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 6 visitantes

 



Assunto: Exercicios de polinomios
Autor: shaft - Qua Jun 30, 2010 17:30

2x+5=\left(x+m\right)²-\left(x-n \right)²

Então, o exercicio pede para encontrar {m}^{3}-{n}^{3}.

Bom, tentei resolver a questão acima desenvolvendo as duas partes em ( )...Logo dps cheguei em um resultado q nao soube o q fazer mais.
Se vcs puderem ajudar !


Assunto: Exercicios de polinomios
Autor: Douglasm - Qua Jun 30, 2010 17:53

Bom, se desenvolvermos isso, encontramos:

2x+5 = 2x(m+n) + m^2-n^2

Para que os polinômios sejam iguais, seus respectivos coeficientes devem ser iguais (ax = bx ; ax² = bx², etc.):

2(m+n) = 2 \;\therefore\; m+n = 1

m^2-n^2 = 5 \;\therefore\; (m+n)(m-n) = 5 \;\therefore\; (m-n) = 5

Somando a primeira e a segunda equação:

2m = 6 \;\therefore\; m = 3 \;\mbox{consequentemente:}\; n=-2

Finalmente:

m^3 - n^3 = 27 + 8 = 35

Até a próxima.