• Anúncio Global
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Logarítmos - Como resolver esta expressão

Logarítmos - Como resolver esta expressão

Mensagempor petras » Qui Out 20, 2016 10:35

Alguém poderia ajudar. Desde já fico grato!
Se :
{2}^{-1}.{2}^{-3}.{2}^{-5}.{2}^{-7}...{2}^{1-2n}=({\frac{1}{16}})^{x}
com n \in N - {0} então n é igual a: R: 2 \sqrt[]{x})
petras
Usuário Parceiro
Usuário Parceiro
 
Mensagens: 52
Registrado em: Sex Jan 22, 2016 21:19
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: formado

Re: Logarítmos - Como resolver esta expressão

Mensagempor DanielFerreira » Sáb Out 22, 2016 17:16

petras escreveu:Alguém poderia ajudar. Desde já fico grato!
Se :
{2}^{-1}.{2}^{-3}.{2}^{-5}.{2}^{-7}...{2}^{1-2n}=({\frac{1}{16}})^{x}
com n \in N - {0} então n é igual a: R: 2 \sqrt[]{x})


De início, aplicamos uma das propriedades de potência, veja:

\\ \mathsf{2^{- 1} \cdot 2^{- 3} \cdot 2^{- 5} \cdot ... \cdot 2^{1 - 2n} = \left ( \frac{1}{16} \right )^x} \\\\ \mathsf{2^{- 1 - 3 - 5 - ... - (1 - 2n)} = (2^{- 4})^x} \\\\ \mathsf{2^{- [1 + 3 + 5 + ... + (- 1 + 2n)]} = 2^{- 4x}}

Igualando os expoentes,

\\ \mathsf{- [1 + 3 + 5 + ... + (- 1 + 2n)] = - 4x} \\\\ \mathsf{\underbrace{\mathsf{1 + 3 + 5 + ... + (- 1 + 2n)}}_{P.A \ crescente \ cuja \ raz\~ao \ vale \ 2} = 4x}

Assim, podemos encontrar o valor da soma aplicando o conceito de progressão aritmética, veja:

\\ \begin{cases} \mathsf{a_1 = 1} \\ \mathsf{r = 2} \\ \mathsf{a_n = 2n - 1} \\ \mathsf{n = n} \\ \mathsf{S_n = ?}\end{cases} \\\\\\ \mathsf{S_n = \frac{(a_1 + a_n)n}{2} \Rightarrow S_n = \frac{(1 + 2n - 1)n}{2} \Rightarrow S_n = \frac{2n \cdot n}{2} \Rightarrow \boxed{\mathsf{S_n = n^2}}}

Por fim, temos que:

\\ \mathsf{1 + 3 + 5 + ... + (2n - 1) = 4x} \\\\ \mathsf{n^2 = 4x} \\\\ \mathsf{n = \pm 2\sqrt{x}, \ mas \ n \in \mathbb{N}^{\ast}} \\\\ \boxed{\boxed{\mathsf{n = 2\sqrt{x}}}}
"Sabedoria é saber o que fazer;
habilidade é saber como fazer;
virtude é fazer."
(David S. Jordan)
--------------------------------------------------------------------------------
DanielFerreira
Colaborador - em formação
Colaborador - em formação
 
Mensagens: 1641
Registrado em: Qui Jul 23, 2009 21:34
Localização: Engº Pedreira - Rio de Janeiro
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática - IFRJ
Andamento: cursando

Re: Logarítmos - Como resolver esta expressão

Mensagempor petras » Seg Out 24, 2016 09:19

Grato Daniel pela ajuda, Estava trabalhando apenas com a parte final da expressão por isso não conseguia chegar na resposta.
petras
Usuário Parceiro
Usuário Parceiro
 
Mensagens: 52
Registrado em: Sex Jan 22, 2016 21:19
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Andamento: formado

Re: Logarítmos - Como resolver esta expressão

Mensagempor DanielFerreira » Seg Out 24, 2016 22:08

Não há de quê, meu caro!

Ajude, também, quando souber!
"Sabedoria é saber o que fazer;
habilidade é saber como fazer;
virtude é fazer."
(David S. Jordan)
--------------------------------------------------------------------------------
DanielFerreira
Colaborador - em formação
Colaborador - em formação
 
Mensagens: 1641
Registrado em: Qui Jul 23, 2009 21:34
Localização: Engº Pedreira - Rio de Janeiro
Formação Escolar: GRADUAÇÃO
Área/Curso: Licenciatura em Matemática - IFRJ
Andamento: cursando


Voltar para Logaritmos

 



  • Tópicos relacionados
    Respostas
    Exibições
    Última mensagem

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

 



Assunto: Exercicios de polinomios
Autor: shaft - Qua Jun 30, 2010 17:30

2x+5=\left(x+m\right)²-\left(x-n \right)²

Então, o exercicio pede para encontrar {m}^{3}-{n}^{3}.

Bom, tentei resolver a questão acima desenvolvendo as duas partes em ( )...Logo dps cheguei em um resultado q nao soube o q fazer mais.
Se vcs puderem ajudar !


Assunto: Exercicios de polinomios
Autor: Douglasm - Qua Jun 30, 2010 17:53

Bom, se desenvolvermos isso, encontramos:

2x+5 = 2x(m+n) + m^2-n^2

Para que os polinômios sejam iguais, seus respectivos coeficientes devem ser iguais (ax = bx ; ax² = bx², etc.):

2(m+n) = 2 \;\therefore\; m+n = 1

m^2-n^2 = 5 \;\therefore\; (m+n)(m-n) = 5 \;\therefore\; (m-n) = 5

Somando a primeira e a segunda equação:

2m = 6 \;\therefore\; m = 3 \;\mbox{consequentemente:}\; n=-2

Finalmente:

m^3 - n^3 = 27 + 8 = 35

Até a próxima.